França abre primeiro concurso para Parques Eólicos Offshore

energia-eolica-offshore

O governo Francês abriu, a primeira licitação para a construção e exploração de parques eólicos Offshore.

Na primeira fase, o objecto é construir 600 aerogeradores com capacidade para a geração de 3 mil megawatss de energia até 2015. Os aerogeradores serão instalados na costa do canal da mancha e do oceano Atlântico e devem gerar aproximadamente 10 mil empregos.

A França é um dos últimos países europeus que ainda têm um litoral favorável à exploração da energia eólica. A licitação do governo francês, que inicialmente deveria ser lançada no início deste ano, também é aberta a empresas estrangeiras.

O projecto total deve representar um investimento de 20 bilhões de euros com cerca de 1.200 aerogeradores com capacidade de produção de 6 mil megawatts até 2020, ou seja 3,5% do consumo francês de electricidade.

“O nosso objectivo é criar empregos na França. Os industriais falam em dezenas de milhares de empregos. Mas sou conservadora e prefiro dizer cerca de 10 mil. Não quero criar falsas esperanças” afirmou a ministra francesa da Ecologia, Nathalie Kosciusko-Morizet.

As empresas interessadas têm até Janeiro de 2012 para apresentar a candidatura ao projecto junto à Comissão de Regulação de Energia. Uma segunda licitação, para a construção de aerogeradores com capacidade total de gerar 3 mil megawatts de energia, será lançada em abril do próximo ano.