Financiamentos, Incentivos e Apoios a Projectos Energias Renováveis e Eficiência Energética em 2011

fontes energias renovaveis e nao renovaveis

Apresentamos os principais instrumentos de financiamento e apoios nacionais e europeus, para projectos relacionados nomeadamente com Energias Renováveis e Eficiência Energética.

Os programas de incentivo contemplam diversas áreas, desde projectos de eficiência energética e sustentável, células de combustível, projectos de internacionalização e inovação..

.

FINANCIAMENTOS E INCENTIVOS DISPONÍVEIS

.

Intelligent Energy Europe

TIPO DE INCENTIVO

Call for proposals 2011

.

TIPOLOGIA DE PROJECTO

The objective of the Intelligent Energy – Europe II Programme (“IEE II”) is to contribute to secure, sustainable and competitively priced energy for Europe, by providing for action:

– to foster energy efficiency and the rational use of energy resources;
– to promote new and renewable energy sources and to support energy diversification;
– to promote energy efficiency and the use of new and renewable energy sources in transport.

.

DATA LIMITE CANDIDATURAS

12-Mai-11

.

FINANCIAMENTO DISPONÍVEL

67M€

.

CONTACTOS

CIP – Competitiveness and Innovation Programme

.

QREN/COMPETE

TIPO DE INCENTIVO

SI PME Projectos Conjuntos Internacionalização

.

TIPOLOGIA DE PROJECTO

Visa a promoção da competitividade das PME, designadamente a sua capacidade de resposta e presença activa no mercado global, através do desenvolvimento de um programa estruturado de intervenção num conjunto de PME.

O presente concurso destina-se a apoiar investimentos na área da promoção internacional das empresas que pretendam reforçar a sua competitividade e assegurar uma maior orientação do produto interno para a procura externa.

.

DATA LIMITE CANDIDATURAS

24-Jun-11

.

FINANCIAMENTO DISPONÍVEL

23,3M€

.

CONTACTOS

COMPETE – 808 260 260

www.qren.pt

.

FCH-JU Fuel Cell and Hydrogen Joint Undertaking

 

TIPO DE INCENTIVO

Concurso anual

.

TIPOLOGIA DE PROJECTO

“Over € 200 million’s worth have been allocated for the support of fuel cells and hydrogen technologies through research and demonstration projects, with € 109 million by the European Commission matched by in-kind contributions from industrial partners.

This call covers 36 topics and address key issues to foster market breakthroughs. As last year, these topics are divided in 5 application areas: transportation and refuelling infrastructure; hydrogen production and distribution; stationary power generation; and early markets, such as portable, micro applications or handling vehicles. The fifth application area focuses on cross-cutting issues aiming to address non-technical barriers, such as development of life cycle assessment, codes and standards, socio-economic research, public awareness, training etc..”

.

DATA LIMITE CANDIDATURAS

18-Ago-11

.

FINANCIAMENTO DISPONÍVEL

109M€

.

CONTACTOS

GPPQ Amelia.areias@gppq.mctes.pt

http://www.fch-ju.eu


Direcção Geral de Energia e Geologia

TIPO DE INCENTIVO

FEE – Fundo de Eficiência Energética

.

TIPOLOGIA DE PROJECTO

Financiamento de acções do PNAEE

.

DATA LIMITE CANDIDATURAS

3 avisos anuais: 28 Fev, 30 Jun, 30 Out

.

FINANCIAMENTO DISPONÍVEL

1,5M€

.

CONTACTOS

DGEG

DL nº29/2010, 15Abril Portaria nº 26/2011, 10 Janeiro

.

FAI

 

TIPO DE INCENTIVO

Fundo de apoio à inovação

.

TIPOLOGIA DE PROJECTO

Consórcios SCTN e empresas para renováveis e eficiência energética

.

DATA LIMITE CANDIDATURAS

Aberto em permanência

.

FINANCIAMENTO DISPONÍVEL

76M€ – 3M€ ou 50% por projecto

.

CONTACTOS

ADENE: tel: 214 722 800

http://fai.pt/

.

SIFIDE

 

TIPO DE INCENTIVO

Sistema de Incentivos Fiscais em Investigação e Desenvolvimento Empresarial

.

TIPOLOGIA DE PROJECTO

A Lei n.º 40/2005 de 3 de Agosto repõe o SIFIDE (Sistema de Incentivos Fiscais em Investigação e Desenvolvimento Empresarial) a partir do exercício fiscal de 2006 possibilitando a dedução à colecta do IRC para empresas que apostam em I&D de modo a aumentar a competitividade em Portugal, estimulando a sua capacidade tecnológica, o emprego científico e as condições de afirmação no espaço europeu.

Actualizada na Lei n.º 10/2009 de 10 de Março que cria o programa de Iniciativa para o Investimento e o Emprego, é contemplada uma dedução fiscal de 32,5% aplicável à despesa total em I&D realizada a partir de 2009, a somar à dedução de 50% do aumento desta despesa em relação à media dos 2 anos anteriores, até ao limite de 1,5 milhões de euros.

.

DATA LIMITE CANDIDATURAS

Aberto em permanência (preferencialmente antes da entrega da declaração anual de rendimentos)

.

FINANCIAMENTO DISPONÍVEL

Dedução fiscal à despesa em I&DT

.

CONTACTOS

AdI: Luísa Iglésias liglesias@adi.pt

http://sifide.adi.pt/

FONTE: Energyin