Fábrica portuguesa da Alstom participa em projecto no Reino Unido

alstom-energia-eolica

A Alstom ganhou um contrato de cerca de 1000 milhões de euros junto da RWE npower plc para um projecto chave-na-mão, para a concepção e construção de uma central de ciclo combinado a gás em Pembroke, no País de Gales.

Com uma capacidade de cerca de 2000 MW, a nova central será a maior e uma das mais eficientes do seu género no Reino Unido, capaz de fornecer energia a cerca de três milhões de casas.

Portugal participará neste projecto através da fábrica da Alstom, em Setúbal, que irá fabricar os módulos de todas as cinco caldeiras de recuperação de calor. A nova central será construída no local da anterior central a fuel óleo.

«Este novo projecto demonstra claramente que a experiência em engenharia da Alstom é crucial para a indústria da energia no Reino Unido e no mundo.

Este é o segundo contrato assinado pela Alstom e pela RWE npower em menos de dois anos, o que vem sublinhar a confiança que o nosso cliente deposita em nós e na nossa engenharia», afirma Philippe Joubert, presidente da Alstom Power.

Este projecto é o segundo que a Alstom assinou com a RWE npower no Reino Unido, depois do contrato ganho em 2007 para a central a gás de 1650 MW de Staythorpe, em construção neste momento em Nottinghamshire.

A Alstom está também a construir no Reino Unido as centrais de Langage da Centrica e da E.On, em Grain (para as quais a Alstom Portugal também forneceu caldeiras de recuperação de calor). Incluindo a central de Pembroke, estas quatro centrais acrescentarão quase 6 GW de nova capacidade eléctrica à rede do Reino Unido.