Estratégias para arrumar os alimentos no Frigorífico

eficiencia-energetica-frigorifico

O frigorífico é um dos nossos maiores aliados na conservação dos alimentos.

É talvez neste electrodoméstico que focamos mais a nossa atenção e preocupação, pois em caso de avaria pode acarretar um grande prejuízo monetário, à semelhança das arcas congeladoras.

O frigorífico é também um dos equipamentos que mais energia eléctrica consome ao longo do ano nas nossas habitações, pela que a selecção e escolha na compra de um novo é de extrema importância, e acredite que os preços acompanham de facto a qualidade e eficiência dos equipamentos.

Existem algumas recomendações e estratégias para tirar o melhor proveito deste electrodoméstico no que toca à arrumação e à conservação dos alimentos.

Conselhos e sugestões na arrumação dos Alimentos

  • Nunca encha o frigorífico. O ar frio deve circular para manter todos os alimentos armazenados à temperatura adequada;
  • Os alimentos cozinhados, os iogurtes, os queijos, os molhos, os doces, as compotas de fruta devem ser colocados nas prateleiras superiores;
  • Nas prateleiras intermédias, coloque os produtos de charcutaria, saladas preparadas, bolos com creme, doces de colher;
  • Na prateleira mais baixa, coloque as carnes, os peixes e os mariscos crus;
  • Os frutos e os hortícolas devem ser colocados nas gavetas localizadas na parte inferior do frigorífico;
  • Na porta, a zona menos fria do frigorífico, deve colocar o leite, os ovos, a manteiga, a água, os sumos e o vinho.

A temperatura ideal de um frigorífico é de 5ºC a nível das prateleiras do meio, sendo que a temperatura não é igual em todo o frigorífico. Tirar partido das diferentes temperaturas existentes, permite assegurar um armazenamento optimizado dos seus produtos alimentares.

O ponto mais frio do frigorífico é na prateleira do fundo logo acima das gavetas dos legumes (2ºC). Este será o local indicado para colocar carne e peixe frescos. Assim sendo, estaremos a evitar o gotejamento sobre outros alimentos.

Recomendações segundo a zona e tipo de alimento

Alimentos para as Prateleiras Cimeiras

Mantenha os alimentos utilizados com mais frequência nas prateleiras cimeiras do frigorífico, para que estejam acessíveis e para que possa notar de imediato, se estão em falta.

  • Condimentos
  • Manteiga
  • Margarina
  • Ovos
  • Queijo
  • Alimentos cozinhados, excepto carne
  • Alimentos embalados

Alimentos para as Prateleiras de Baixo

Coloque os seguintes alimentos nas prateleiras de baixo, para que os seus cheiros ou molhos não se misturem com os outros alimentos. Tape a carne crua, as aves e o peixe com película aderente  solta, para que o ar circule nestes alimentos.

  • Carne Crua
  • Carne Cozinhada
  • Aves Cruas
  • Peixe
  • Crustáceos
  • Iogurtes
  • Natas

Alimentos para Gavetas

Coloque cada alimento num saco de plástico , para que o sabor não se misture com outro. Guarde os legumes com raiz em sacos de papel pardo, para os preservar da luz.

  • Bróculos
  • Carne cozinhada
  • Legumes com raiz
  • Folhas de salada
  • Ervas Frescas
  • Vegetais
  • Frutas

Alimentos para a Porta do Frigorífico

Guarde as garrafas e os pacotes de cartão na porta do frigorífico. No entanto, se alguns alimentos como o leite, azedarem, quando colocados na porta, tente colocá-los numa prateleira.

  •  Água Mineral
  • Sumos de Fruta
  • Leite
  • Bebidas Engarrafadas
  • Natas em lata de Spray

Lembre-se que os alimentos que se deterioram mais facilmente, como a carne, o frango, o leite (após abrir as embalagens) e os seus derivados e as saladas devem ser mantidos sempre no frigorífico.

Os alimentos cozinhados, ou as sobras, devem ser colocadas no frigorífico ou no congelador, no máximo, em 2 horas. Não devem, no entanto, ser guardados ainda quentes…

Se forem colocados ainda quentes no frigorífico, a temperatura do electrodoméstico vai aumentar. A estas temperaturas, algumas bactérias podem crescer e estragar ou tornar perigoso o consumo de alguns alimentos.

Além disso, os gastos energéticos serão também superiores.

COMPARTILHAR