Estatisticas da Energia Eolica em Portugal 2010

Estatisticas Energias Renovaveis

Apresentamos as estatísticas da Energia Eólica em Portugal durante o primeiro semestre de 2010.

As informações referem-se à potência instalada, à produção de energia eólica e como a mesma foi utilizada no sistema Português.

 

Potência Instalada Energia Eólica

No 1º semestre de 2010 foram ligados 109 aerogeradores, aumentando a potência eólica ligada à rede pública para 3571 MW, correspondentes a uma potência instalada de 3962 MVA.

Finalizaram-se os parques eólicos do Alto Arganil, Guerreiros , Fonte da Mesa II e Lomba do Vale, tendo-se ligado os primeiros aerogeradores dos parques eólicos do Alto Douro, Beiras, Carreço-Outeiro II, Terra Fria e Vale de Galegos.

Evolucao Producao Energia Eolica

Destas novas instalações destaca-se o parque eólico do Alto Douro, que se estende por 9 concelhos do distrito de Viseu e 1 do distrito da Guarda, tendo já sido ligados 12 aerogeradores no concelho de Armamar. Quando estiver concluído, este parque eólico será, o segundo maior do país, com 204 MW.

No final do 1º semestre as centrais eólicas representavam 21% da potência total ligada no Sistema Eléctrico Nacional, repartida por 42% ligada à Rede de Transporte e 58% à Rede de Distribuição.

Produção de Energia Eólica

Durante o 1º semestre, na sequência de um inverno agreste e da recuperação da economia, o consumo de energia eléctrica cresceu 5.2% face ao 1º semestre de 2009.

As centrais eólicas abasteceram 18% deste consumo, o que corresponde a uma produção de 4740 GWh. Esta produção representou um aumento de 49% face ao mesmo período de 2009. O conjunto da produção de origem renovável representou neste semestre 65% do consumo, ou 66% da produção nacional, excluindo a bombagem hidroeléctrica.

Producao Energia Eolica Portugal

A utilização da potência ligada nos parques eólicos situou-se neste semestre em 31%, correspondentes a um índice de produtibilidade eólica de 1.15, estabelecido com base no regime médio observado no período 2001-2009. Trata-se de uma utilização excepcional que foi a mais elevada de sempre para o 1º semestre.

Tal como já tinha acontecido nos 2 últimos meses de 2009, em Fevereiro a utilização da potência ligada foi superior a 40%, tendo-se produzido neste mês 982 GWh. O mês de menor produção foi o mês de Junho, 548 GWh, o que corresponde a uma utilização de 21%.

Utilização da Potência Instalada de Energia Eólica

No dia 29 de Março ultrapassou-se pela primeira (e única) vez o valor de 3000 MW de potência instantânea eólica, tendo-se atingido um máximo histórico de 3031 MW pelas 19h30m. Este valor corresponde a 87% da potência eólica ligada naquela data.

Neste semestre, a maior produção eólica diária ocorreu do dia 22 de Fevereiro, com 63 GWh, ligeiramente abaixo do máximo histórico verificado em 2009. Este valor corresponde a uma utilização de 76% da potência ligada, tendo abastecido 39% do consumo nacional nesse dia.

Utilizacao Energia Eolica Portugal

No dia 25 de Março ocorreu a maior quota instantânea de energia eólica, atingindo 63% do consumo às 2h45m. Em termos diários, a maior participação da eólica ocorreu no dia 3 de Maio, quando as centrais eólicas abasteceram 43% do consumo. Estes valores não ultrapassaram os máximos históricos verificados em 2009 com respectivamente 69% e 49%.

FONTE: RELATORIO REN
COMPARTILHAR