Estados Unidos descobre a maior jazida de petróleo em toda a sua história

reserva-de-petroleo

O serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) descobriu uma grande jazida de petróleo localizado no oeste de Texas na parcela Midland Wolfcamp, este poço de petróleo é o maior até agora encontrado em território dos EUA.

Estima-se que este poço petrolifero contenha aproximadamente 20.000 milhões de barris de petróleo e 16 biliões de pés cúbicos de gás natural.

O serviço Geológico dos Estados Unidos enviou um comunicado em que informa que esta reserva, situada em Midland Wolfcamp, é aproximadamente três vezes maior que a avaliação de recursos elaborada em 2013 na parcela de Bakken-Three Forks em Montana e Dakota do Norte, o que torna este achado como a maior reserva de petróleo estimada nos Estados Unidos até este momento.

O coordenador do Programa de Recursos Energéticos do USGS, Walter Guidroz, confirmou que esta descoberta “demonstra que, mesmo nas áreas onde já se produziu milhares de milhões de barris de petróleo ainda é possível existirem grandes reservas desse precioso combustível.”

“As mudanças na tecnologia e nas práticas da industria podem ter efeitos significativos sobre que recursos são tecnicamente recuperáveis, e devido a isso continuamos a realizar avaliações de recursos não só em todo o território dos Estados Unidos, mas também em todo o mundo”, afirmou Walter Guidroz.

Mapa Jazida de Petróleo Midland Wolfcamp - Texas
Mapa Jazida de Petróleo Midland Wolfcamp – Texas

O serviço Geológico dos Estados Unidos UGSG explicou que desde a década de 1980 a reserva de Midland Wolfcamp foi explorada usando o método de poços verticais, método de exploração tradicional.

Esta descoberta aconteceu depois de em Setembro deste ano, a empresa de exploração petrolífera Apache Inc. anunciar ter encontrado no subsolo do oeste de Texas uma jazida que se estima conter mais de três mil milhões de barris de petróleo e também mais de 75 biliões de pés cúbicos de gás natural.

Os Estados Unidos da América produziram mais petróleo e gás natural por ano do que qualquer outro país desde 2012, segundo o departamento Energético dos EUA.

COMPARTILHAR