Energia Geotérmica e o calor da terra

o que e a energia geotermica

Energia geotérmica, ou também chamada de energia geotermal como o próprio nome indica: prefixo ‘geo’ que significa terra e sufixo térmica’ – calor, é a energia obtida a partir do calor proveniente do interior do nosso planeta Terra. A energia geotérmica é considerada uma das energias mais limpas e fiáveis no leque de energias renováveis utilizáveis.

O calor terrestre existe nas camadas inferiores do nosso planeta, mas em algumas partes do globo está mais perto da superfície do que em outras, nesses locais em que está mais perto da superfície torna mais fácil a sua utilização.

O calor é trazido para perto da superfície, devido a movimentos da crosta terrestre, por intrusão de magma fundido e pela circulação de águas subterrâneas formando reservatórios de água quente sob grande pressão.

Como é utilizada a energia geotérmica

Devido a necessidade de adquirir energia eléctrica de uma forma mais limpa e em quantidades cada vez maiores, foram desenvolvidos modos de usufruir desse calor para a geração de electricidade. No entanto esta energia sob a forma de calor pode também ser utilizada de forma directa.

Há portanto três formas de utilizar a energia geotérmica:

1. Utilização directa:  reservatórios geotérmicos de temperaturas baixas moderadas (20ºC – 150ºC) podem ser aproveitados directamente para fornecer calor para a indústria, aquecimento ambiente, termas e outros aproveitamentos comerciais

aguas termais - energia geotermica
Águas Termais

2. Centrais Geotérmicas: aproveitamento directo de fluidos geotérmicos em centrais a altas temperaturas (> 150 ºC), para movimentar uma turbina e produzir energia eléctrica.

A utilização da energia geotérmica é conseguida através da perfuração de poços de modo a alcançar os reservatórios, trazendo para a superfície o vapor da água quente de alta pressão, dirigindo o vapor e água quente a unidades distintas nas turbinas das centrais geotérmicas.

A energia térmica é, assim, convertida em energia eléctrica. O fluido geotérmico arrefecido é injectado de volta ao reservatório onde é reaquecido, preservando o equilíbrio e a sustentabilidade do recurso.

central energia geotermica
Central Geotérmica

3. Bombas de calor geotérmicas (BCG): Os sistemas geotérmicos de aquecimento e arrefecimento funcionam pelo bombeamento da água através de um tubo inserido no solo, que através da diferença de temperatura do subsolo aquecem ou arrefecem água e, em seguida, o ar dentro dos edifícios.

Além de utilizar as energias renováveis em vez de um combustível fóssil para aquecer os edifícios, um sistema de energia geotérmica usa 70% menos energia para executar o mesmo que um sistema convencional de aquecimento e refrigeração e 30% a 50% menos energia do que um novo sistema de aquecimento e refrigeração. Saiba mais sobre o funcionamento das bombas de calor.

bomba de calor - energia geotermica
Bomba de calor

Vantagens da energia geotérmica

  • Menos poluição, proporcionando um ambiente energético alternativo, que evite a queima de combustíveis fósseis
  • Pequena quantidade de solo necessário para construir centrais geotérmicas
  • Contra outros tipos de fontes de energia renováveis, como energia eólica ou da energia solar, a energia geotérmica pode ser utilizada para a produção de electricidade 24h/dia.
  • Baixos preços de electricidade, uma vez que as centrais de energia geotérmica têm baixos custos de administração.
  • A energia geotérmica é praticamente inesgotável
  • Como todos os outros tipos de fontes renováveis, a energia geotérmica fornece a segurança do abastecimento de energia necessária para reduzir as importações de combustíveis convencionais.

A energia geotérmica possui vantagens muito importantes, mas por outro lado existem também algumas desvantagens na utilização deste tipo de tecnologia, saiba mais sobre as vantagens e desvantagens da energia geotérmica.

Energia Geotérmica em Portugal

É no arquipélago dos Açores, devido à sua localização na fronteira de placas, que a exploração de energia geotérmica se encontra mais desenvolvida. Existem centrais instaladas nas diversas ilhas e contabilizam uma potência anual de 235,5 MW.

Uma vez que a rede eléctrica deste arquipélago é autónoma, não se encontrando ligado à rede europeia de electricidade, estas centrais assumem um papel fundamental no desenvolvimento de toda a região. A entidade governamental responsável pela gestão dos recursos geotérmicos dos Açores é a EDA – Eletricidade dos Açores.

Central Geotermica Piloto do Pico Vermelho
Central Geotérmica Piloto do Pico Vermelho

Ao contrário no continente, o aproveitamento deste tipo de energia ainda se limita ao seu aproveitamento para aquecimento de alguns edifícios.