Energia eólica um mercado em crescimento no Brasil

energia-eolica-brasil

O recente anúncio por parte do governo Brasileiro de mais investimentos no setor de energia, ressaltando a atual capacidade de geração e transmissão no Brasil, soou de maneira positiva também no mercado de energia eólica.

“Este segmento, que detém a tecnologia necessária para gerar energia renovável por meio da força dos ventos, viveu ótima fase em 2012 e continua apresentando boas perspectivas, inclusive em termos de contratações no mercado executivo”, afirma Leandro Bakaukas, consultor associado da Search Consultoria em Recursos Humanos.

Segundo a Eletrobrás, este ano serão colocados em operação 535,1 MW (megawatts) de geração eólica, o que representa um incremento de 30% na capacidade instalada desse tipo de energia renovável no País. Diante deste contexto, o mercado de trabalho no setor também deve ter expansão em 2013.

“Para atender a demanda crescente, a busca por executivos para a área industrial, em departamentos como de qualidade, manufatura e infraestrutura, aumentou. Houve ainda muitos processos de seleção para áreas de suporte, como finanças e supply chain”, diz Bakaukas.

A Search prevê que a procura por executivos no setor em 2013 deve continuar no mesmo ritmo ou até mais acelerado que em 2012. Algumas boas notícias reforçam as expectativas positivas.

O BNDES acaba de liberar um financiamento de R$ 300 milhões para a construção de 15 parques eólicos na Bahia, que terão capacidade para gerar 386 MW (megawatts) e demandarão investimentos totais de R$ 1,4 bilhões.

Entram em operação em 2013 os complexos eólicos do Livramento (78 MW, RS); Miassaba 3 (68,5 MW, RN); Rei dos Ventos 1 e 3 (118,6 MW, RN); Casa Nova (180 MW, BA); Pedra Branca (30 MW, BA); São Pedro do Lago (30 MW, BA) e Sete Gameleiras (30 MW, BA).

Não é só o Nordeste que apresenta um cenário promissor, segundo o consultor da Search. Recentemente, a Secretaria de Energia de São Paulo lançou um mapa que mostra o potencial de geração de energia eólica no Estado.

As cidades de Bauru, Campinas e Sorocaba, por exemplo, têm capacidade de atender 5 milhões de residências durante 12 meses, usando apenas a força do vento. “Isso deve contribuir para o aquecimento das movimentações no mercado executivo do setor, pois os investimentos devem gerar uma necessidade ainda maior de contratações de profissionais qualificados em todos os níveis e áreas”, analisa.

Na opinião do consultor, como o segmento ainda está em formação e carece de processos mais sofisticados, há profissionais que já saem na frente na conquista de uma vaga: “Quem apresentar experiência com alto nível de excelência operacional, souber trabalhar em projetos e atue seguindo as melhores práticas estará em vantagem”.

Search-No mercado desde 2007, a Search Consultoria em Recursos Humanos atua em diversos segmentos (industrial, financeiro, de tecnologia, bens de consumo, construção civil, farmacêutico, entre outros) e concentra sua expertise em Recrutamento de Executivos, Assessment (levantamento das habilidades dos executivos face ao conjunto de competências do cliente, identificação dos “gaps” em cada executivo avaliado e definição de um Plano de Desenvolvimento Individual), Mapeamento de Mercado e Coaching para executivos de empresas clientes.

Entre os diferenciais da empresa estão a equipe de consultores altamente qualificada e reconhecida no mercado, com atuação nas maiores companhias e consultorias do País, e a ética no relacionamento com clientes, candidatos, fornecedores e colaboradores.

Para atender seus clientes com excelência também fora do País, a Search mantém aliança estratégica com empresas nos Estados Unidos, Argentina, Europa e Ásia.