Empresas de energia travam investimentos nas eólicas em Portugal

edp-privatizacao

A EDP e a Iberdrola assumiram que o tarifário fixado pelo Governo torna o investimento nas eólicas pouco interessante.

Na Conferência do Económico sobre energias renováveis, as empresas exigiram mudanças. Em causa estão as metas do Executivo para as eólicas.

A EDP Renováveis perdeu o interesse nos projectos de energia eólica em Portugal. Em causa está o actual sistema tarifário que, segundo a empresa, atrasa o retorno do investimento feito na construção dos parques.

“Não fomos sequer aos últimos concursos de atribuição de licenças”, disse João Paulo Costeira, responsável pela área operacional da EDP Renováveis, durante a sua intervenção na IV Conferência de Energias Renováveis do Diário Económico.

“Se tivéssemos uma obrigação de investimento anual em Portugal cumpríamos, mas podemos investir noutros países. Portugal não é muito interessante”, diz, embora garanta que o País “ainda tem condições para ser um mercado interessante porque a tarifa é fixa.”

Fonte: LISBOA / DIARIO ECONOMICO