Deco pode ajudar a poupar na fatura de eletricidade

poupar-fatura-eletricidade

A associação Deco lançou uma iniciativa para ajudar os consumidores a pouparem nas suas faturas de eletricidade, esta iniciativa denominada pela Deco de Juntos Pagamos Menos.

A iniciativa da Deco tem como objetivo conseguir o melhor preço no mercado liberalizado de eletricidade junto dos comercializadores de energia elétrica, sendo que o principal argumento de negociação utilizado será a quantidade de pessoas interessadas em assinar contrato de fornecimento.

Se a associação conseguir um menor preço nos futuros contratos dos consumidores, isto significará uma redução de custos na fatura mensal de eletricidade, isto apenas é possivel porque o mercado de eletricidade se encontra liberalizado, ou seja, com preços livres e concorrenciais.

Para os consumidores interessados nesta iniciativa devem-se inscrever gratuitamente no site www.paguemenosluz.pt, manifestando assim a vontade de ter eletricidade mais barata.

Neste momento encontram-se registados mais de 86.000 consumidores na iniciativa Juntos Pagamos Menos da Deco.

O período de inscrições no paguemenosluz decorre até 30 de abril de 2013, e o leilão terá lugar no dia 2 de maio de 2013.

Após esta data e com base nas informações que os consumidores forneceram à Deco, será calculada a despesa com eletricidade e posteriormente todos os consumidores serão informados da poupança que poderão ter com a proposta de tarifa do fornecedor que vencer o leilão.

O resultado do leilão e as informações personalizadas serão comunicadas a partir de 15 de maio de 2013, depois o consumidor terá até dia 30 de junho de 2013 para decidir se aceita ou rejeita a proposta conseguida.

Ou seja, apesar de um determinado consumidor manifestar interesse com o registo no site paguemenosluz.pt, terá sempre uma última palavra até ao momento de ter um valor concreto para o tarifário do possivel novo contrato de fornecimento de eletricidade.

Assim, o PE – Portal Energia recomenda a todos a inscrição no site, de forma a possibilitar à Deco ter um argumento de peso no momento da negociação do leilão com os vários comercializadores de energia elétrica existentes em Portugal.

Esta iniciativa é inédita em Portugal, mas existem formas idênticas em outros países como a Bélgica, a Holanda e a Inglaterra em que as organizações de consumidores se juntam de forma a conseguirem boas poupanças para os consumidores.

A Entidade Reguladora do Sector Energético (ERSE) em Portugal veio dizer publicamente que esta iniciativa da Deco “não só é positiva como desejável”.

O que pensa desta ação conjunta da Deco?

COMPARTILHAR