Cientistas descobrem bactéria transmissora de energia elétrica no fundo do mar

bacteria-transmissora-energia-eletrica

Uma nova bactéria transmissora natural de corrente elétrica foi descoberta no fundo do mar por cientistas da Universidade Aarhus, na Dinamarca.

Esta bactéria é cem vezes mais fina que um fio de cabelo e com um centímetro de comprimento. O estudo sobre o assunto foi publicado dia 24 de outubro, na revista Nature.

Segundo esta pesquisa, o organismo tem a estrutura de um cabo de eletricidade, equivalente aos encontrados nas ruas. Denominado de Desulfobulbus, a bactéria-cabo transmite corrente de eletrões de uma ponta a outra, tendo uma célula alimentadora em uma extremidade e uma célula de “respiro” do outro lado.

O próximo passo dos cientistas será analisar o funcionamento dessas bactérias, qual a participação delas na história terrestre, e se os organismos podem auxiliar na indústria.

As bactérias-cabo podem ser visualizadas apenas com o auxílio de microscópios e foram vistas pela primeira vez em 2009.

COMPARTILHAR