Alemanha anunciou data para o fim dos carros a combustão

carregamento-carros-eletricos

Está surpreendido com o título da notícia? É mesmo verdade o fim do carros a combustão aproxima-se a uma velocidade nunca vista e a Alemanha vai tomar um papel central neste acontecimento.

Foi há dias que o governo alemão, numa votação na Bundesrat (Câmara Superior do Governo Federal da Alemanha), votou a favor de uma medida que pode ditar o fim dos carros movidos a combustão.

Assim todos os novos carros novos registados no país deverão estar isentos de emissões de gases de estufa e outros poluentes até 2030.

Recorde-se que a Alemanha tem investido imenso nos carros elétricos, nos últimos tempos. O país situado na Europa Central conta atualmente com 45 milhões de carros mas apenas 25 mil são elétricos e 150 mil híbridos.

São números que fazem o povo alemão repensar e traçar um novo futuro para o país. Entende-se assim que a Alemanha se foque exaustivamente no desenvolvimento de veículos elétricos.

É portanto uma medida amiga do ambiente e pode ser uma forte estratégia para o país reduzir as emissões de gases e assim seguir as indicações da Comissão Europeia. Segundo a Comissão Europeia, a redução dos gases na Alemanha só será cumprida recorrendo aos veículos.

A indústria e a agropecuária são setores em que não é fácil reduzir as emissões de gases. Não seria fácil mexer em complexas estruturas do país.

O governo alemão definiu ainda um prazo para o final do funcionamento dos veículos a combustão. O prazo apresentado é até 2050.

O governo alemão preparou já inúmeras medidas de forma a amparar o seu objetivo. Incentivos fiscais, opções financeiras para a indústria de carros não poluentes, subsídios governamentais para o transporte coletivo de passageiros, recurso a bicicletas como meio de transporte e serviços de partilha de carros são algumas das medidas estudadas e aprovadas pelo governo.

Sendo ainda a Alemanha o terceiro maior produtor mundial de carros movidos a combustão, estas medidas irão certamente ter repercussões a nível mundial. As empresas do setor automóvel no país irão estruturar novos alicerces para que todos juntos cumpram este plano traçado pelo governo.

Outros países da União Europeia poderão também seguir a tendência traçada pela Alemanha.

O compromisso por um mundo melhor, sustentável e amigo do ambiente ganha assim força e sabendo do impacto que a Alemanha tem noutras nações resta-nos aguardar que outros países sigam a tendência desta estratégia traçada com o objetivo maior de preservar o planeta.

COMPARTILHAR