Acidentes históricos com a Energia Nuclear desde Chernobyl até Fukushima

energia nuclear

O desenvolvimento da civilização sempre esteve directamente ligado à capacidade dos seres humanos de obter energia, vital para a nossa sobrevivência.

Desde os tempos das cavernas, o uso da energia facilita a nossa alimentação, garante a nossa temperatura corporal e dá mais conforto e protecção ao nosso dia-a-dia.

A energia nuclear, também chamada atómica, é obtida a partir da fissão do núcleo do átomo de urânio enriquecido, libertando uma grande quantidade de energia.

A energia nuclear mantém unida as partículas do núcleo de um átomo. A divisão desse núcleo em duas partes provoca a libertação de grande quantidade de energia.

O Acidente mais recente com Energia Nuclear ocorreu em Março de 2011 no Japão após um grande terramoto seguido de Tsunami, onde um dos reactores da Central Nuclear de Fukushima a 250 km a nordeste de Tóquio explodiu depois das autoridades Japonesas não terem conseguido diminuir a temperatura do interior do reactor.

TIPOS DE ACIDENTES COM ENERGIA NUCLEAR

Acidentes críticos

Chernobyl – em 1986 ocorreram o incêndio e o vazamento de radiação na central nuclear Ucraniana, na extinta União Soviética, com milhares de feridos e mortos, podendo a contaminação radioactiva ter causado 1 milhão de casos de cancro nos 20 anos seguintes.

Num acidente de menor escala em Sarov, um homem que trabalhava com urânio altamente enriquecido sofreu irradiação quando tentava realizar uma experiência.

O acidente de Sarov é interessante uma vez que o sistema permaneceu em estado crítico durante muitos dias até que pudesse ser detido. Este é um exemplo de um acidente de âmbito limitado em que poucas pessoas podem sofrer ferimentos, já que não se produz fuga de radioactividade. Um exemplo bem conhecido deste tipo de acidente ocorreu no Japão em 1999.

Acidentes derivados de Deterioração Térmica

São os produzidos por operação fora dos limites de temperatura de funcionamento de um reactor.

Por exemplo, em Three Mile Island, o escoamento do líquido de refrigeração uma vez interrompida, a reacção nuclear, num reactor de água pressurizada, produziu um aumento de temperatura por falta de água para arrefece-lo. Como resultado, o combustível nuclear sofreu danos e a estrutura interna do reactor fundiu-se.

Three Miles Island – em 1979, na central nuclear localizada na Pensilvânia (EUA), ocorreu a fusão do núcleo do reactor e a libertação de elevados índices de radioactividade que atingiram regiões vizinhas.

Acidentes provocados pelo Transporte

Acidentes de transporte podem causar uma libertação de radioactividade resultando na contaminação causando irradiação directa.

Em Cochabamba um aparelho de radiografia com raios gama com defeito foi transportado num autocarro como carga. A fonte gama estava fora da blindagem, e irradiou alguns passageiros. No Reino Unido, foi revelado num recente caso judicial que uma fonte de radioterapia foi transportada de Leeds a Sellafield com blindagem defeituosa, no entanto não houve feridos.

Acidente devidos a Falhas de Equipamentos

Recentemente em Białystok, na Polónia, os dispositivos electrónicos associados a um acelerador de partículas, usado para o tratamento de cancro, tiveram um mau funcionamento. Embora a falha inicial fosse simples, esta desencadeou uma série de eventos que levaram a ferimentos por radiação.

Acidentes por Erro Humano

Uma pessoa que calcule de forma errada a actividade da fonte de teleterapia, levaria o paciente a receber a dose errada de raios gama. No caso de acidentes de radioterapia, os pacientes não receberiam os benefícios do tratamento prescrito.

Também os seres humanos cometem erros, enquanto operam equipamentos e instalações, que têm resultado em overdoses de radiação, tal como nos acidentes de Nevvizh e Soreq.

Acidentes devido ao Abandono de Fonte

Acidentes por perda de fonte são aqueles em que uma fonte radioactiva é perdida ou abandonada. A fonte pode então causar danos a seres humanos e/ou ao ambiente. Por exemplo, o evento em Lilo onde fontes foram abandonadas pelo exército soviético.

Outro caso ocorreu em Yanango, onde uma fonte de radiografia foi perdida. Também em Samut Prakarn uma fonte de teleterapia de cobalto foi perdida e em Gilan, no Irã, uma fonte de radiografia feriu um soldador.

Porém o melhor exemplo deste tipo de evento é o acidente de Goiânia que ocorreu no Brasil.